Fotos: Reprodução da Folha Patoense

No Sítio Cajazeiras, em Cajazeirinhas, o agricultor familiar Francisco Agustinho Ferreira Sobrinho, conhecido como Nego Velho, está instalando um biodigestor nas proximidades de sua residência para que possa gerar gás de cozinha (biogás), uma tecnologia que proporciona economia e não degrada o meio ambiente, uma vez que a matéria–prima utilizada para a fabricação do gás de cozinha é esterco de animais. “O trabalho de escavação já foi feito para a implantação do Biodigestor e em breve seu Francisco vai estar gerando seu próprio gás de cozinha e também biofertlizante, que será utilizado para ajudar na adubação de fruteiras e hortaliças” disse o extensionista da Emater Zildo Vicente;

O agricultor recebeu incentivos de várias instituições que atuam junto ao homem do campo, como a Caritas Brasileira, a ONG Diaconia, CERSA, Projeto Semiárido Solar, Emater e Prefeitura de Cajazeirinhas.

Seu “Nego Velho” produz milho, algodão, feijão etc e demonstrou interesse em ter o seu próprio biodigestor, produzindo assim,  de forma sustentável, o seu gás de cozinha. “Esperamos que o exemplo dele seja imitado cada vez mais por agricultores da região”, disse Zildo Vicente.

Biodigestores são equipamentos utilizados para processar e matéria orgânica e criar biogás, biofertilizantes. ajudando assim o meio ambiente. É considerada uma tecnologia de baixo custo e muito eficiente.

FONTE: Folha Patoense