Para outros agricultores, a “anomalia” seria mais uma evidência de que o fim do mundo está próximo.

O agricultor Vicente Pedro da Silva, 71 anos, residente na cidade de Bom Jesus, encontrou em sua plantação uma espiga de milho com conteúdo estranho.

Seu Vicente achou que se tratava de uma espiga dupla, ou gêmea, mas ao abri-la não tinha milho, mas um produto parecido com fava.

Para outros agricultores, a “anomalia” seria mais uma evidência de que o fim do mundo está próximo.

Outro detalhe é que tudo indica que esta não é a primeira vez que este fato acontece no município, pois outro agricultor, José Anselmo (Deca Anselmo), em 1990 plantou uma vazante na fazenda Santa Maria, onde mais de uma tarefa de milho ficou completamente igual a espiga encontrada na roça de seu Vicente.

Toda a cidade espera agora que a revista rural semanal da TV Globo possa trazer uma explicação para o que provocou esse fenômeno.

Milho encontrado em Bom Jesus (Foto: Folha do Vale)

DIÁRIO DO SERTÃO com vídeo de Jocerlan Guedes, Jotha Herre Fronteira e Folha do Vale