De acordo com informações de atendentes da UPA local, nos últimos dias tem sido grande o número de pessoas com sintomas da doença procurando a unidade.

Após a realização de exames os casos estão sendo confirmados, o que retrata aumento na incidência da doença em Pombal.

Ainda não se pode afirmar se trata de uma epidemia, porém o quadro chama a atenção notadamente em algumas áreas periféricas da cidade.

Sem o repasse de números oficiais a Unidade de Pronto Atendimento não para de receber pacientes durante o seu plantão.

Após medicados, muitos estão sendo encaminhados para hidratação venal (soro).

Embora o atendimento à população tenha sido prestado muitos cobram ações preventivas para evitar a proliferação e o efetivo combate ao mosquito vetor.

Segundo um médico que atua na UPA de Pombal o quadro sintomático dura em torno de 04 a 05 dias, resultando em dores pelo corpo, febre, desconforto e muita fraqueza.

Para enfermeiros a expectativa é de que o registro aumente, neste caso é necessário ficar em alerta.

A dengue é uma doença grave, que pode acontecer com qualquer um dos sorotipos, especialmente causado pelas várias vezes que a pessoa contraia a síndrome.

“A dengue tem comportamento contrário às outras doenças e tende a voltar cada vez mais forte. Nenhuma pessoa está a salvo da doença”.

FONTE: LIBERDADE PB