A paciência do torcedor do Palmeiras com o time parece ter chegado ao fim nesta quinta-feira. Após a derrota para o Vitória, na Bahia, os muros do Estádio Palestra Itália amanheceram pichados com menções a presença de Felipe Melo entre os titulares e críticas ao grupo de jogadores. Palavras como “vergonha” e “time medíocre” foram as utilizadas nos protestos.

O grande alvo das pichações foi Felipe Melo. Porém, diferente do restante do elenco, o volante foi utilizado como exemplo para pedir mudanças no time titular. Com os dizeres de “Felipe Melo e mais 10”, os manifestantes pediram o retorno do jogador que não atua desde o dia 19 de outubro, quando entrou no segundo tempo da vitória contra a Ponte Preta por 2 a 0.

Felipe Melo já foi alvo de polêmicas desde que chegou ao elenco alviverde. A última foi seu desentendimento com Cuca e o posterior afastamento das atividades com o restante do elenco, já neste segundo turno de Campeonato Brasileiro. O pedido do volante entre os titulares é quase unânime por parte dos torcedores, principalmente depois das derrotas para o Corinthians e agora, diante do revés para o Vitória.

O elenco alviverde ainda está em Salvador e retorna para São Paulo apenas na tarde desta quinta-feira. Com a derrota para o time baiano, o Palmeiras viu a vantagem para o líder aumentar ainda mais e chegar aos onze pontos.