Quatro anos depois, foi apresentada ontem mais uma conta aos consumidores da intervenção da presidente Dilma Rousseff no setor elétrico, em 2012.

As transmissoras de energia receberão uma indenização de R$ 62,2 bilhões, que será paga nas contas de luz, com impacto de 7,71% nas tarifas este ano, destaca o jornal O Globo.

A redução de 20% nas contas de luz, determinada por Dilma em 2012, foi anulada por aumentos que ultrapassaram 50% em 2015.

PARAÍBA ONLINE