Jovem grávida, de 19 anos, matou, acidentalmente, o namorado ao gravar um vídeo para o YouTube.

Monalisa Perez e Pedro Ruiz queriam provar que um livro impediria a passagem da bala da pistola calibre 50. O objetivo era bombar as visualizações na rede social.

A mulher foi detida em Minnesota, nos Estados Unidos, depois de informar ao serviço de emergência que havia acertado o namorado com um tiro.

A brincadeira fatal, segundo a BBC, foi transmitida ao vivo, e assistida por cerca de 30 pessoas, entre elas, a filha de 3 anos do casal.

O disparo foi a apenas 30 centímetros de distância. O livro foi descrito pelo delegado como uma enciclopédia de capa dura.

A jovem contou às autoridades que a ideia foi do namorado, para ficar famoso. Na última segunda-feira, dia 26, Monalisa publicou, no Twitter, que ela e o namorado fariam o vídeo mais perigoso de todos os tempos.

Google Imagens

FONTE: RÁDIO 2