(Getty Images)

O Grêmio pedirá à CBF uma punição ao Atlético-MG pela dívida com o goleiro Victor. A informação é do repórter Vagner Martins, do FOX Sports. O jornalista conversou com Nestor Hein, vice-presidente jurídico do Grêmio, que afirmou que o Galo poderá ficar até dois anos sem fazer contratações caso seja punido.

Em 2012, ano da transferência do jogador, o valor da negociação foi de pouco mais de R$ 10,5 milhões. Segundo o dirigente, somando juros e custos, a dívida hoje passa dos R$ 13 milhões. Na época, o Grêmio tinha direito a 3 milhões de euros e mais 50% dos direitos econômicos do zagueiro Werley. Romildo Bolzan Jr., presidente do Grêmio, ameaçou à época ir à Fifa para acionar o time mineiro.

Vale notar que, nesta segunda-feira (13 de fevereiro), a 17ª Vara Cível do Estado do Rio Grande do Sul ordenou que o dinheiro relativo à venda do centroavante Lucas Pratto para o São Paulo seja depositado na conta do Grêmio e não do Atlético-MG.

FOX SPORTS