O preço médio da gasolina voltou a cair e fechou a semana passada na casa três reais e 57 centavos o litro.

É que o mostra pesquisa da Agência Nacional do Petróleo feita em mais de cinco mil postos de todo o País.

Em quatro meses, o combustível ficou cerca de 17 centavos mais barato. E a queda seria consequência, principalmente, de dois fatores.

Primeiro, a safra de cana começou e derrubou o preço do álcool. Com isso, se a gasolina não ficar mais barata, quem tem carro flex só abastece com etanol.

O preço médio do álcool caiu para dois e 51, na semana passada, o que representa 37 centavos de redução, do começo de fevereiro pra cá.

O outro fator fica por conta dos reajustes da gasolina nas refinarias, anunciados pela Petrobras.

Em outubro, a estatal adotou uma nova política de preços, pela qual os valores podem cair ou subir, mês a mês, com base, por exemplo, no câmbio e na cotação do petróleo.

A última redução foi anunciada no dia 25 de maio.

FONTE: RÁDIO 2