De acordo com informação divulgada várias prefeituras da Paraíba estão extrapolando em mais de 50% os gastos de pagamentos com a folha de pessoal.

A situação resultou em alerta por parte do Tribunal de Contas do Estado, uma vez que os gestores podem ser enquadrados na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), que estabelece parâmetros a serem seguidos quanto ao gasto público.

Os números foram publicados pelo TCE através do Painel de Índice de Despesas dos Municípios Paraibanos (atualizado até abril deste ano).

Nesta relação contendo 80 municípios, estão  Pombal  e Cajazeirinhas onde a maior parte do pagamento está sendo destinado  ao funcionalismo.

A pena prevista para o gestor que descumprir a regra é a cassação de mandato e detenção de seis meses a dois anos.

Fonte: Portal Liberdade PB