Dez suspeitos de terem explodido a agência dos Correios e Telégrafos de Boa Vista, Agreste paraibano, a 170 km de João Pessoa, durante a madrugada desta quinta-feira (8), foram presos pela manhã em confronto com a Polícia Militar. Quatro membros da quadrilha foram feridos com tiros e socorridos para o Hospital de Emergência de Trauma de Campina Grande.

Segundo a Polícia Militar, o confronto aconteceu enquanto os suspeitos passavam pela Zona Rural de Campina Grande. Policiais do Grupamento Especializado de Operações em Área de Caatinga (GEOsAC) abordaram os dois carros usados pelo bando. Houve troca de tiros, mas todos os suspeitos acabaram presos, sendo que quatro saíram feridos.

Ainda conforme a PM, os criminosos, que estão tendo as identidades confirmadas, fazem parte de uma quadrilha interestadual de ataques a bancos, sendo quatro deles do Rio Grande do Norte, um de Pernambuco e outros cinco de Campina Grande.

A PM apreendeu o arsenal usado pela quadrilha, sendo nove armas de fogo, bem como coletes, explosivos e outros materiais do bando. Os presos foram levados para a sede da Polícia Federal, em Campina Grande.

Fonte: Portal Correio