O governador Ricardo Coutinho (PSB) vetou o projeto de lei de autoria do deputado Nabor Wanderley (PMDB), que dispõe de passagens aéreas gratuitas para idosos e deficientes físicos.

Na argumentação, Ricardo defende que como o serviço aéreo é de responsabilidade da união, não cabe ao poder legislativo estadual a tomar uma decisão como esta.

Segundo o projeto, cada voo teria que reservar duas passagens para idosos e outras duas para deficientes físicos com renda inferior a dois salários mínimos. Caso as vagas já houvessem sido preenchidas, a companhia aérea deveria dispor de um desconto de 50% no valor do bilhete.

Fonte: HW COMUNICAÇÃO