Foto: Reprodução/PB Agora

Dois trechos nas rodovias BR-230 e BR-101 na Paraíba foram bloqueados na manhã desta quarta-feira (29) por integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST). Os bloqueios ocorreram nas proximidades dos municípios de Pedras de Fogo, Alhandra e Cruz do Espírito Santo, na Paraíba. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, os bloqueios foram no km 53 da BR-230 e no km 109 do BR-101, nos dois sentidos.

s bloqueios ocorreram após cerca de 600 famílias receberem um mandado de reintegração de posse no assentamento Arcanjo Belarmino, na região de Pedras de Fogo. Os manifestantes pedem que poder público, em especial ao Incra , a secretaria de Direitos Humanos e a Polícia Militar façam uma audiência sobre o caso.

Em Alhandra, a interdição atotal começou às 6h54 no km 109 da BR-101. Não há previsão de liberação, segundo a PRF. O protesto conta com cerca de 20 manifestantes.

Em Cruz do Espírito Santo, a interdição total é no km 53 da BR-230. A manifestação do MST começou às 8h, sem previsão de liberação e tem cerca de 100 manifestantes.

De acordo com o MST, a ocupação Arcanjo Belarmino, em Pedras de Fogo, completou um ano em julho e já se tornou uma área produtiva da luta pela reforma agrária.

O MST reclamam da falta de responsabilidade do Estado com as famílias que já residem no local. Segundo o movimento, a fazenda de 1500 hectares, que era improdutiva, foi usada no plantio de diversas culturas.