Divulgação/2 – Lucio Bernardo Jr./Câmara

O deputado federal Veneziano Vital do Rego (PMDB) posicionou-se contrário a pontos propostos pela Reforma da Previdência, durante entrevista nessa terça-feira (14), em Campina Grande. O parlamentar adiantou que vai votar contra os pontos principais do Projeto do Governo.

Pautando mais uma vez seu mandato em defesa dos trabalhadores, Veneziano disse que categorias como educação e segurança merecem ser repensadas, assim como a idade mínima entre homens e mulheres.

“Temos algumas categorias que precisamos dialogar. Não podemos tratar aqueles que fazem a educação, segurança. Manter a idade igual para homens e mulheres não é o mais adequado, por isso queremos rever. Esse é um dos pontos onde vejo maior dificuldade de convergência”, afirmou o deputado.

Para Veneziano, o partido não deve fechar questão e mudanças devem ser feitas na matéria original. “Não acho que o PMDB vai fechar questão com a matéria como está. Eu mesmo sou contra”, afirmou.

Diálogo 

Líder do Governo na Câmara, o paraibano Aguinaldo Ribeiro (PP) disse que começou a conversar separadamente com os líderes dos partidos na Casa sobre a proposta de reforma da previdência. O Primeiro encontro foi com o líder do PMDB, deputado Baleia Rossi, seguido do líder do PSDB, Ricardo Tripoli. A agenda continua com o PSB e o PSD.

“Esse é o momento de diálogo. Vamos ouvir os parlamentares e tirar as dúvidas. Esse é o momento de mais ouvir do que falar. Essa reforma tem muitos detalhes que precisam ser esclarecidos. Há muitas dúvidas e alguma desinformação” pontuou.

Aguinaldo disse que a reforma da previdência é necessária para garantir o desenvolvimento do país. “Essa reforma não está sendo proposta porque desejamos, mas porque é necessária para que o Brasil continue solvente”, disse.

PORTAL CORREIO